OUVIDORIA BRASIL TRANSPARÊNCIA DENÚNCIA ONLINE

O plano de previdência da Mútua oferece cobertura adicional para o risco de invalidez ou morte, inclusive as decorrentes da Covid-19

imprimir

Além de permitir que o associado planeje o seu futuro com a garantia de mais conforto e segurança financeira, o plano de previdência complementar da Mútua traz a possibilidade de o mutualista proteger sua família das dificuldades enfrentadas nestes tempos de pandemia e crise econômica, que atingem o Brasil em cheio. E é por causa disso que o TecnoPrev permite contratar cobertura adicional para o risco de invalidez ou morte, inclusive as decorrentes do novo coronavírus, proporcionando proteção adicional para os dependentes dos beneficiários.


“Percebemos que aumentou bastante o número de adesões, em função também da pandemia. A crise reforçou, em muitas pessoas, os sentimentos de preocupação com a proteção da família, principalmente no caso de alguma ‘eventualidade’ atingir o associado”, explica o gerente de Previdência da Mútua, Rodrigo Castilho.


Atualmente, o TecnoPrev possui mais de 76 mil participantes e recebeu, no mês de abril, 451 novas adesões. “Além desses mutualistas, cerca de 100 propostas ainda aguardam aprovação, pois falta apenas quitar a anuidade para viabilizar o ingresso”, conta Castilho.


O crescimento do número de associados é um dos destaques do plano. Em 2015, dez anos após a criação da previdência complementar da Mútua, estavam inscritos no TecnoPrev 3.057 participantes. Já 2019 fechou com mais de 76 mil.


A evolução da carteira de investimentos é outro ponto significativo: o saldo de pouco mais de R$ 50 milhões, acumulados até 2015, saltou para mais de R$ 160 milhões, ao final do ano passado. Em relação a 2018, o acréscimo em 2019 foi de 42,16% sobre o patrimônio de R$ 112,9 milhões do ano anterior.


Taxas baixas, rentabilidade alta e dedução no IR
Entre as vantagens do TecnoPrev, a inexistência da taxa de carregamento e a rentabilidade também são notáveis: o plano obteve 17,11% de rendimento, em 2019, e 73,66%, num período de 48 meses. Desde a sua criação, a previdência alcançou 408,31% de rentabilidade.


Outra oportunidade oferecida é a possibilidade de deduzir, na declaração do Imposto de Renda, as contribuições realizadas no valor de até 12% da renda bruta recebida em 2019. Neste ano, o prazo para entregar a declaração de Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) foi prorrogado e pode ser realizado até 30 de junho -leia mais aqui (sugestão de hiperlink: https://www.mutua.com.br/irpf-2020-contribuicoes-feitas-para-o-tecnoprev-podem-ser-deduzidas-ate-o-limite-de-12/).


Com simulador à disposição, o participante consegue calcular qual é o máximo do benefício fiscal que ele pode obter. Para isso, basta inserir dados como renda bruta anual e contribuições realizadas para planos de previdência (fechada e aberta – exceto VGBL). O sistema traz, automaticamente, os valores das contribuições realizadas para o TecnoPrev. O cálculo considera como meta o equivalente a 12% da renda bruta anual e apresenta a diferença entre o contribuído e o que falta para que o participante alcance o teto do benefício fiscal.


O simulador de benefício fiscal está disponível na área restrita de participante do TecnoPrev, no site da BB Previdência (sugestão de hiperlink: https://www.bbprevidencia.com.br/acessorestrito/login/accesserror/2.htm).


Podem ser feitas pelo participante contribuições eventuais ou periódicas com valores adicionais, em aportes que não só elevam o saldo da conta, como permitem ampliar as deduções com o Imposto de Renda. Estes aportes devem ser realizados até o final de cada ano, para serem usufruídos no ano seguinte. Veja aqui (hiperlink sugerido: https://www.mutua.com.br/irpf-2020-aproveite-todo-o-percentual-que-voce-pode-ter-de-beneficio-fiscal-com-o-seu-tecnoprev/).


Outra vantagem do TecnoPrev é que parte (R$50) do valor da anuidade é revertida como benefício previdencial, por ano em que o associado permanecer vinculado à Mútua, desde que adimplente com a Instituição. O benefício é depositado na conta individual do participante do e é válido para todos os associados, após 12 meses da inscrição.


Portabilidade e mais vantagens
O TecnoPrev oferece ao participante acesso a extratos, gráficos de rentabilidade, carteira de investimentos e outras informações da conta individual, que é segregada dos demais participantes, do patrimônio da Mútua e do patrimônio da administradora do Plano, a BB Previdência.


Para quem já possui outro plano de previdência complementar, a melhor opção é fazer a portabilidade para o TecnoPrev. O pedido de migração de previdência é bastante simples para o associado. Basta que ele entre em contato com a Mútua - tecnoprev@mutua.com.br - e forneça seus dados e os do seu plano em vigor.


A partir disso, todo o processo fica a cargo da Mútua, que entra em contato com o administrador do plano atual do mutualista e concretiza todos os tramites necessários para que ele passe a ser participante do TecnoPrev.


Conheça mais sobre o plano da Mútua, faça sua inscrição e comece a planejar o seu futuro e o de sua família. Tenha mais informações sobre a previdência complementar na Central de Relacionamento Mútua, 0800 61 0003, ou no Portal do TecnoPrev (sugestão de hiperlink: https://www.tecnoprev.com.br/).


Fonte: Gecom Mútua

Fonte: ASCOM
Atualizado em 18/05/2020 16:05

ENQUETE

:::::::::::::::Aguarde Nova Enquente:::::::::::::::

.
ELEIÇÕES 2020Crea Jr ROABENCCâmaras EspecializadasAtualização CadastralAcesso a InformaçãoMútuaEditais & LicitaçõesCADASTRO ONLINE DE REGISTROS PROFISSIONAL E EMPRESA

CONFEA Mutua

Redes Sociais

  • Facebook Youtube Instagram
CREA
Rua Elias Gorayeb, nº 2596 - CEP 76803-903
Bairro: Liberdade - Porto Velho - RO
Telefones: (69) 2181-1098
Atendimento ao Público
Seg à Sex das 8h00 às 14h00
Atendimento On-Line de
Seg à Sex das 8h00 às 18h00
Mapa do Site | Política de Privacidade
© Todos os direitos reservados 2019